27 de março de 2019
  • Blog Mundo Mãe
  • Blog Mundo Mãe realiza evento em alerta ao Dia Mundial de Conscientização do Autismo

Blog Mundo Mãe realiza evento em alerta ao Dia Mundial de Conscientização do Autismo

O Blog Mundo Mãe, com apoio do Shopping Piracicaba, realiza no dia ‪2 de abril‬ um evento especial sobre autismo. A atividade gratuita acontece a partir das 19 horas, no Clube Gourmet e tem como objetivo reforçar a importância do Dia Mundial de Conscientização do Autismo, celebrado na mesma data (2/04)‬. As inscrições são limitadas […]

O Blog Mundo Mãe, com apoio do Shopping Piracicaba, realiza no dia ‪2 de abril‬ um evento especial sobre autismo. A atividade gratuita acontece a partir das 19 horas, no Clube Gourmet e tem como objetivo reforçar a importância do Dia Mundial de Conscientização do Autismo, celebrado na mesma data (2/04)‬. As inscrições são limitadas e devem se feitas pelo número (19) 97406-9922.

O evento contará com a palestra da neuropediatra e especialista em autismo, Dra. Deborah Kerches, que abordará o tema “Autismo: dos primeiros sinais ao diagnóstico e tratamento”. Na sequência, acontece uma mesa redonda com terapeutas especialistas da Fisio Baby – Reabilitação Infantil Especializada, que discutirão o tema autismo e os tratamentos do espectro autista.

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) é caracterizado por uma condição do neurodesenvolvimento de início precoce, caracterizada pelo comprometimento na interação social, comunicação e padrão de comportamento restritivo, repetitivo e estereotipado. Os níveis de severidade são distintos e há um universo de possibilidades sintomatológicas, com particularidades que merecem cuidados e intervenções individualizadas.

Está cada vez mais claro que o autismo tenha uma base genética. Fatores ambientais isolados também parecem contribuir para a origem do autismo.

“Tem havido um aumento na prevalência de autismo. Alguns motivos associados a esse aumento seriam critérios diagnósticos mais abrangentes, profissionais mais capacitados, maiores investimentos em centros de pesquisas para TEA, famílias melhor informadas e buscando mais ajuda. Hoje conseguimos classificar quadros mais leves, antes não diagnosticados”, destaca a neuropediatra Deborah Kerches.

A ONU, através da Organização Mundial de Saúde (OMS), considera a estimativa que 1% da população mundial esteja dentro do espectro autista. Segundo dados mais recentes divulgados em abril de 2018 pelo CDC (Center of Deseases Control and Prevention), órgão ligado ao governo dos Estados Unidos, existe hoje 1 caso de autismo para cada 59 crianças.

O diagnóstico é clínico, baseado na avaliação do comportamento da criança em todos os ambientes do convívio, rastreamento do desenvolvimento neuropsicomotor, entrevista com os pais, norteado por critérios clínicos estabelecidos pelo DSM-V (Manual de Diagnóstico e Estatística da Sociedade Americana de Psiquiatria).

“O diagnóstico precoce ainda é um grande desafio no Brasil. Algumas crianças com espectro autista que são diagnosticadas e iniciam intervenção precoces, podem apresentar uma diminuição significativa dos sintomas a pontos de se tornarem imperceptíveis e todas, com um plano de tratamento adequado e individualizado, irão desenvolver mais habilidades, autonomia e consequente melhora na sua qualidade de vida e dos familiares. Hoje, faltam políticas públicas no Brasil eficazes para que tenhamos melhor abordagem no contexto geral do autismo. É necessário criar estratégias que ajudem a identificar precocemente o autismo e que atendam às suas necessidades comportamentais, educacionais e de inclusão”, alerta Deborah.