18 de abril de 2019

Tendências no Transplante de Sangue do Cordão Umbilical

Vocês já ouviram falar sobre transplante de sangue do cordão umbilical? Acompanho o tema e fiz, inclusive, a coleta do sangue do cordão umbilical dos meus dois filhos. Abaixo compartilho com vocês algumas novidades da área, que recebi através do Grupo  Criogênesis: – Num encontro recente sobre terapia celular e transplante de células tronco ocorrida […]

Vocês já ouviram falar sobre transplante de sangue do cordão umbilical? Acompanho o tema e fiz, inclusive, a coleta do sangue do cordão umbilical dos meus dois filhos.

Abaixo compartilho com vocês algumas novidades da área, que recebi através do Grupo  Criogênesis:

– Num encontro recente sobre terapia celular e transplante de células tronco ocorrida nos Estados Unidos, discutiu-se sobre os fatores que poderiam aumentar o uso do sangue de cordão umbilical, seja no campo da terapia regenerativa como no tradicional uso nas doenças oncológicas e hematológicas.pois sei que ainda existe muita dúvida em torno do tema:

Uma das principais especialistas da área, Dra Juliet N Barker, que presidiu uma das conferências, confidenciou a um jornal especializado norte-americano que a retração do número de transplantes utilizando o sangue de cordão criou um ambiente que possibilitou identificar os centros verdadeiramente preparados para defender cientificamente a utilização deste produto. Citou que, um consórcio composto por aqueles centros receberão fundos do governo norte-americano para impulsionar esta tecnologia.

Nesta conferência, ressaltou-se alguns pontos em que o sangue do cordão umbilical tem vantagens sobre o uso de medula óssea de doador sem parentesco:

1. Apresentação de novos dados científicos que mostraram redução da recidiva de doença e diminuição dos efeitos colaterais, reduzindo o custo final do transplante.
2. Melhor resultado em adultos idosos.
3. Transplante por meio do uso de doadores não aparentados.
4. Compatibilidade para pacientes com herança étnica complexa e disponibilidade rápida do produto.

Para o Dr. Nelson Tatsui, Diretor Técnico da Criogênesis, o sangue de cordão necessita ser tratado com muito carinho em virtude de ser parte da solução para os pacientes que não possuem doador familiar compatível, dentro de um ambiente genético muito complexo e amplo da população brasileira.

* Carla Aguiar Furrer de Paula Rodrigues Michelan é advogada por formação, mãe, autora e fundadora do Blog Mundo Mãe.