30 de abril de 2019
  • Blog Mundo Mãe
  • Utilizando a era tecnológica a favor da educação dos nossos filhos

Utilizando a era tecnológica a favor da educação dos nossos filhos

É fato, o mundo hoje é rápido e veloz, a cada dia essa velocidade aumenta e uma postura rígida e crítica não nos ajudará. Precisamos utilizar essa agilidade e ousadia para proporcionar aos nossos filhos a alavanca necessária para o sucesso deles. Precisamos semear e desenvolver o conceito de constância. Esses dias meu filho disse:  […]

É fato, o mundo hoje é rápido e veloz, a cada dia essa velocidade aumenta e uma postura rígida e crítica não nos ajudará. Precisamos utilizar essa agilidade e ousadia para proporcionar aos nossos filhos a alavanca necessária para o sucesso deles.

Precisamos semear e desenvolver o conceito de constância. Esses dias meu filho disse:  “Queria que fosse o último dia de aula… Da faculdade!!” (rsrs)

E eu respondi: Eu só posso te dizer que esse dia não chegará, pois você deverá estudar para sempre, meu anjo!

As novas abordagens educacionais e tecnológicas têm utilizado a famosa frase: ‘LIFE LONG LEARNING’. Precisamos ter os estudos como algo além de uma meta escolar, notas, regras…Precisamos ir além do que já existe, é necessário desenvolver nos nossos pequenos a consciência de aprender, desaprender e reaprender para sempre. Isso é o que faz pessoas melhores, profissionais melhores, pais melhores, parcerias melhores.

A busca, a curiosidade devem estar atreladas de experiências: à coragem de acreditar que é através da busca e que isso faz parte, ao rompimento do conservadorismo, à sabedoria de reduzir riscos com a capacidade de proporcionarmos uma educação forte e sustentada o suficiente para colocarmos gigantes internamente para conduzir o futuro próximo.

Que mudança você pode propor para sua vida? Faço essa provocação, pois é através dessa sua capacidade de mudança e renovação que estaremos mais preparados para acompanharmos   o futuro dos nossos filhos que, por sinal, já estamos vivendo.

Quais são os potenciais dos seus filhos, vocês estão atentos para desenvolverem esses potenciais e habilidades?

Esses dias, assistindo a uma palestra fiquei sabendo que só de estudantes brasileiros corresponde ao tamanho da França.

53 milhões da educação básica, 88% dependem da rede pública para se desenvolver.

Se não investirmos emocionalmente na educação, na família, nada disso continuará fazendo sentido. Precisamos nos implicar internamente enquanto indivíduo, pai e mãe, para que essa transformação seja valiosa e efetiva.  Sem essa implicação não poderemos desenvolver as habilidades e competências emocionais dos nossos filhos.

Essa é a educação que mudará o mundo!

As habilidades sócio-emocionais devem ser desenvolvidas como um músculo do nosso corpo.

O instituto Airton Senna trabalha nessa abordagem há mais de 20 anos. É preciso olhar a educação nesse formato e pensarmos em como desenvolver um indivíduo como um todo.

É necessário olharmos para a educação na totalidade cognitivo junto com o sócio emocional. Essa junção é a grande transformação.

E como fazer isso?

  • Ensinando o pensamento crítico;
  • Desenvolvendo a empatia;
  • A abertura para o novo;
  • Capacidade de solução de problemas;
  • Capacidade de colaboração;
  • Criatividade.

Isso se ensina em sala de aula, mas se inicia dentro de casa.

Quais dessas habilidades estamos sendo capazes de desenvolver nos nossos filhos?

* Alessandra Netti é Psicóloga, Neuropsicóloga e Neurofeedback. Autora e especialista em comportamento do Blog Mundo Mãe.