9 de setembro de 2019

O que é autoestima para você?

O que é, como anda a minha autoestima? Eu precisei me dar esse tempo pra poder vir aqui falar disso para vocês! E eu comecei a prestar atenção em mim. Como estava meu eu, meus cuidados, minha vida. Eu me cuido todas as manhãs, vou trabalhar bem arrumadinha, cabelo, rímel… Mas será que a autoestima […]

O que é, como anda a minha autoestima? Eu precisei me dar esse tempo pra poder vir aqui falar disso para vocês! E eu comecei a prestar atenção em mim. Como estava meu eu, meus cuidados, minha vida.

Eu me cuido todas as manhãs, vou trabalhar bem arrumadinha, cabelo, rímel… Mas será que a autoestima está relacionada com o que eu apresento para o outro?!

Porque a gente vê um monte de gente bonita por aí e pode pensar que elas, sim, têm autoestima! Mas será que tudo se resume mesmo a isso?

Quando meus filhos nasceram e principalmente o segundo, eu ia com eles na pracinha, no parquinho e via várias mães super bem cuidadas, e eu com “cara de agasalho”! Agasalho confortável Sabe?

E minha autoestima parecia não estar legal. Eu pensava: “ quando eu crescer quero ser assim!!!!”  (rs). Bonita, bem arrumada…

Mas, na verdade, eu fui descobrindo que autoestima não está relacionado com a aparência mas com a bondade. Fazer o bem é autoestima sincera.

Fazer uma ligação, mandar uma mensagem ou uma flor, quem sabe para alguém que faz tempo que não vê!

Somos invadidos de notícias ruins pelos meios de comunicação e isso também afeta a autoestima.

Devemos olhar pra dentro e pensar no que eu posso fazer de bom. Como eu posso olhar e promover esse bem que há em mim e em você?!

Quando a gente acompanha uma tragédia na TV, a gente perde a força do bem. Por exemplo, quando a gente acompanhou a trágica notícia da família Nardoni, que jogou a filha pela janela… Qual é a mãe que conseguia pensar em festa?!

A vida não parou, é claro, mas naqueles momentos agente só queria abraçar nossos filhos e qualquer coisa perdia o valor.

Gente, amar o outro é autoestima!! Observem-se apaixonados… Pensou?!

Pois eu estou falando de enamorarem-se com o próximo. De forma leve, amorosa e alegre.

Fazer algo que gosta muito. Autoestima é essa paz interna.

As pessoas vivenciam a autoestima de formas diferentes. Cada um tem um tipo psicológico e isso também tem relação com a forma que lida com a autoestima.

O Introvertido está olhando mais para dentro, para atividades mais individuais.

Já os Extrovertidos, estão mais voltados para fora, mais aberto para o outro.

Se ficarmos obcecados na satisfação e não trabalharmos a capacidade de frustração, continuaremos vivendo em uma sociedade de competição e inveja. E isso inevitavelmente afetará a relação consigo mesmo.

Mamães, querem ajudar a construir filhas seguras?!

Não sejam críticas com seus próprios corpos. Elas vão aprendendo desde pequenas a se desvalorizarem.

A filha que tem uma mãe desleixada, tem a tendência de ser muito vaidosa; e as mamães muuuiiito vaidosas têm a tendência de ter filhas “desencanadas”! Sejam, então, sempre o equilíbrio!

E estejam preparadas para aprender a gostar de coisas diferentes de você.

Autoestima está relacionada diretamente com a inteligência emocional. Autoestima também está relacionada à nossa produção hormonal!  Os hormônios interferem muito no nosso estado de humor e bem-estar.

Autoestima é ser livre de padrões e da moda; é comprar flores pra você mesma; é dar flores a quem se ama… Autoestima é olhar simples para a vida!

É gostar de si mesma de manhã e, se não gostar, saber que dá para dar um jeitinho bom!!

Autoestima é… Nutrir emocionalmente seus filhos! Isso garante que eles tenham autoestima satisfatória.

E lembre-se que tudo é uma escolha: escolha o melhor de você!!

* Alessandra Netti é Psicóloga, Neuropsicóloga e Neurofeedback. Autora e especialista em comportamento do Blog Mundo Mãe.