3 de junho de 2020

Calma é paz na alma…

Olá ! Hoje vou compartilhar com vocês um aprendizado que tive durante esses primeiros meses de pandemia, e é sobre a paciência. Vi um post de uma amiga minha falando sobre a paciência ser uma característica natural feminina e de como isso pode ser encarado de uma forma positiva ou negativa… E o engraçado é […]

Olá !

Hoje vou compartilhar com vocês um aprendizado que tive durante esses primeiros meses de pandemia, e é sobre a paciência. Vi um post de uma amiga minha falando sobre a paciência ser uma característica natural feminina e de como isso pode ser encarado de uma forma positiva ou negativa… E o engraçado é que parei para pensar e percebi como a capacidade de ser paciente na medida certa em determinados momentos é fundamental na vida de todos!

Vejo o quanto isso causa impacto em minha vida diariamente em todas as áreas… No trabalho, nos relacionamentos afetivos, nas amizades, no meio social, temos inúmeros exemplos todos os dias em que tanto o excesso, quanto a falta de paciência pode nos prejudicar… Quantas vezes nós nos deparamos com situações onde pensamos… “Poxa eu não deveria ter falado aquilo…” ou “Nossa eu esperei demais, fui aguentando e agora não tem mais o que fazer…”, pois é, mas na verdade acredito que a paciência seja uma palavra que expressa a capacidade de controle emocional.

Em um dado momento do meu passado eu percebi que o meu descontrole emocional era minha maior fraqueza, então decidi buscar ajuda para evoluir nisso e a cada passo que eu dava me tornava mais consciente, mais tranquilo, mais calmo e paciente. Entendi que quanto mais controle eu tenho sobre minhas emoções, mais decisões assertivas eu consigo tomar, ou pelo menos me torno mais consciente delas.

Quando estamos no meio do caos, estamos sobre pressão, parece que tudo vai contra nós. E todos querem apenas uma solução para tudo isso… e isso vai sufocando, até a hora que começam os desequilíbrios… E para mim o que funciona é ter calma ! Respirar, comer bem, meditar, fazer exercícios, ler, beber, enfim… Tudo que eu posso fazer para manter o foco eu procuro fazer… Pois todos os dias temos que estar bem para tomar decisões! Todos os dias temos pressões na vida e por isso ter paciência talvez seja a melhor habilidade para se aprender hoje. É isso que me faz continuar dia após dia enfrentando a maré contra o barco, após mais de 60 dias com minha empresa fechada, e agora eu sei o quanto ser paciente me trouxe até aqui.

Ter paciência demais é ser preguiçoso, ter paciência de menos é ser agressivo, ter paciência na verdade é ter fé, acreditar de tal forma naquilo que você faz, que o tempo já não importa mais…

Espero que pelo menos essa prosa possa te fazer refletir sobre isso, eu tenho trabalhado muito a paciência com meus filhos também, agora eles estudam em casa, estão muito mais tempo próximos e eu sei o quanto isso tudo é estressante, então mais um forte motivo para evoluir nessa habilidade… Qual a medida certa da paciência como os filhos ? Qual a melhor forma de se comunicar e entender as crianças? Eu venho tentando descobrir isso há muito tempo e sinto que quanto mais equilíbrio emocional (paciência) eu tenho, mais eu entendo eles e conseguimos conviver de uma forma melhor.

Muito Obrigado !

 

Leonardo Nagano, 31 anos, é pai do Bento, da Manú e da Duda, e é proprietário de rede de lojas com produtos  infantis,  a Corita Baby e Kids, com unidade em Piracicaba e São Paulo.